Lista museum

Mensagem

[Museum] ANTROPOLOGIA MULTI-ESPÉCIES no dia 21 - via zoom!

To :   "museum" <museum@ci.uc.pt>, "archport" <archport@ci.uc.pt>, "histport" <histport@uc.pt>, "porras" <pporras@der.ucm.es>
Subject :   [Museum] ANTROPOLOGIA MULTI-ESPÉCIES no dia 21 - via zoom!
From :   <jde@fl.uc.pt>
Date :   Tue, 17 May 2022 19:49:48 +0100

DIA 21 MAIO DE 2022 – 15 HORAS (HORA DE PORTUGAL) – PALESTRA POR ZOOM PELA 

 

PROF. ª DOUTORA CATARINA CASANOVA

 

 

PROMOVIDA PELA 

ASSOCIAÇÃO SOCIEDADE PORTUGUESA DE ANTROPOLOGIA E ETNOLOGIA

(SPAE - PORTO)

 

ACESSO LIVRE E GRATUITO

Link zoom da sua sessão:   https://videoconf-colibri.zoom.us/j/83013247944?pwd=V05tNlBKLzlmTXBLSW9xOG1LUGU3Zz09

 

 

ANTROPOLOGIA MULTI-ESPÉCIES: BREVES PERSPETIVAS TEÓRICAS DESDE O ANTROPOCENTRISMO 

À ACEITAÇÃO DA SUBJETIVIDADE NÃO HUMANA

 

 

Sobre a autora:

CATARINA CASANOVA obteve o seu doutoramento em Antropologia (especialidade em Antropologia Biológica) pela Universidade de Cambridge. Atualmente é professora associada no ISCSP (Universidade de Lisboa) e as suas áreas de pesquisa são em comportamento e conservação de primatas e antropologia do ambiente (interface humanos/não humanos e antropologia multi-espécies). Foi responsável ou corresponsável por vários projetos I&D financiados em contexto competitivo e publicou mais de 50 trabalhos (artigos e capítulos de livros), entre os quais 2 livros. É investigadora do CIAS (Centro de Investigação em Antropologia e Saúde), na Universidade de Coimbra.

 

Sobre o tema da palestra: 

A presente comunicação visa – ainda que de forma resumida – refletir sobre as origens teóricas e sobre o desenvolvimento da antropologia multi-espécies.

A nossa breve “viagem” tem como ponto de partida o paradigma do excepcionalismo humano e o olhar antropocêntrico sobre a relação entre o ser humano e a restante natureza. Este olhar, tendo constituído o paradigma central das origens da disciplina antropológica, é o resultado de formas de olhar e interpretar o mundo e a diversidade nele contida, profundamente ocidentais. Nele assentam dualismos tradicionais como natureza-cultura que justificaram o tratamento distinto do “outro”, não ocidental.

Por sua vez, o fim deste paradigma surgiu como resultado da emergência de questões da modernidade, especificamente, a mediatização das questões ambientais. Neste contexto surgiu uma nova área de pesquisa, a Human-Animal Studies (HAS) assim cunhada por DeMello, não obstante outras designações utilizadas por diferentes áreas de pesquisa (ex.: antrozoologia). Nesta nova área de investigação as relações com os outros animais são vistas como co-construídas, interdependentes e relacionais assim como os próprios ecossistemas.

 


Mensagem anterior por data: [Museum] Exposição no castelo de Porto de Mós Próxima mensagem por data: [Museum] Amanhã, 18 em Santiago do Cacém!
Mensagem anterior por assunto: [Museum] ANTROPOLOGIA MULTI-ESPÉCIES - no dia 21 Próxima mensagem por assunto: [Museum] A peste e a cultura: o futuro está na internet?, por Tatiana Bina | Opinião patrimonio.pt